1 em cada 5 pessoas sofre com problemas

em que um psicólogo pode ajudar a encontrar a saída (OPP)

Aceitar a ajuda de um Psicólogo Profissional é, por vezes, aquele passo decisivo para o aumento da qualidade da sua vida social, familiar, profissional e individual.

 

Saiba que o Psicólogo está preparado para intervir na prevenção e promoção da sua saúde física e mental, do seu bem-estar e realização pessoal. Com qualquer pessoa de qualquer idade, em qualquer fase do ciclo de vida, e em diversas situações sentidas como problemáticas ou não!

 

 

Queremos a sua confiança

Para confirmar a qualificação de qualquer profissional da área da Psicologia pode inserir o seu nome no Diretório da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

 

Responsável Clínica e Psicóloga: Daniela Roda (Cédula Profissional Nº 13283)

 

Intervenção Psicológica

O SEU IKIGAI pode efetivamente ajudá-lo em várias circunstâncias da sua vida, como por exemplo:

 

  • descobrir significados para a sua vida;

  • construir uma boa autoestima;

  • (re)construir novos cenários de vida: situações de perdas, receios, tristeza e culpa;

  • melhorar a construção de pensamentos, sentimentos e comportamentos;

  • desenvolver a sua construção individual a partir do autoconhecimento, para que se consiga compreender melhor e avançar na vida com maior assertividade e segurança;

  • melhorar o desempenho pessoal e profissional – motivação, satisfação e produtividade

  • resolver perturbações de saúde mental: depressão, ansiedade, fobias, perturbação de pânico, perturbações alimentares, problemas de stresse, problemas de relacionamento social, e outros;

  • (re)adaptar-se a doenças ou tratamentos médicos

 

O tempo de acompanhamento psicológico é variável, de acordo com as particularidades de cada caso. Será tido em conta a situação trazida pelo paciente, as suas características e necessidades, bem como os objetivos por ele traçados. Por isso, este será um dos assuntos a serem analisados na primeira sessão, entre o psicólogo e o paciente.

 

Áreas de Intervenção

Avaliação Psicológica e Neuropsicológica


Proceder a uma avaliação mais aprofundada do Paciente é indispensável para formular um plano de intervenção psicoterapêutico adequado às suas características, necessidades e interesses. A avaliação psicológica tem como objetivo conhecer e analisar o funcionamento psicológico. A avaliação neuropsicológica tem como objetivo identificar as funções mentais que necessitam de intervenção técnica para a sua estruturação (habilitação neuropsicológica) ou restruturação (reabilitação neuropsicológica). Tipos de avaliação:

  • Avaliação da personalidade e do funcionamento psicológico
  • Avaliação de stress
  • Avaliação da eficácia de intervenção antitabágica
  • Despiste de dislexia
  • Despiste de défice de atenção e de hiperatividade
  • Outros
Todos os testes utilizados em cada processo de avaliação estão validados cientificamente para o efeito.




Avaliação Pré-escolar e Escolar


É uma avaliação psicopedagógica para crianças do ensino pré-escolar (dos 5 aos 6 anos) e do 1º ciclo do ensino básico ( dos 6 aos 7 anos).

O que avalia?

Aptidões básicas envolvidas na aprendizagem escolar

Permite:

  • Detetar precocemente algumas dificuldades específicas da criança;

  • Facilitar o desenvolvimento cognitivo;

  • Possibilitar estratégias de intervenção adequadas;

  • Para as crianças do pré-escolar - estabelecer um programa de atividades de desenvolvimento dos aspetos mais deficitários, de forma a preparar um ingresso escolar mais tranquilo e equilibrado;

  • Para as crianças do 1º ciclo - estabelecer um programa de atividades de desenvolvimento dos aspetos mais deficitários, de forma a serem devidamente integradas nas exigências escolares.




Avaliação e Orientação Vocacional


Trata-se de uma avaliação profunda de orientação vocacional, para pessoas a partir dos 14 anos.

Tendo em conta o número de horas que na vida adulta são preenchidas a trabalhar, é importante encontrar as possíveis profissões que o farão brilhar.

O que é que me faz realmente feliz? Genuinamente realizado? O que é que me carrega as baterias? O que é que me faz sentir triste, frustrado e desmotivado? Como é que os motivos de vida interferem na minha vida profissional?

São perguntas como estas que são avaliadas e posteriormente exploradas.

Este processo compreende:

  • 1ª Sessão – Entrevista de avaliação

  • 2ª Sessão – Avaliação Individual:

    • Interesses e preferências profissionais

    • Aptidões primárias

  • 3^sessão - Avaliação complementar

    • Motivações de vida

    • Compatibilidade entre motivações de vida, preferências e aptidões

  • 4ª Sessão - Devolução dos resultados da avaliação




Avaliação para Certificação de Incapacidade


É uma avaliação psicológica e neuropsicológica que integra o processo da Junta Médica de certificação de incapacidade, como comprovativo legal do estado de saúde da pessoa.

Esta avaliação analisa a situação de incapacidade da pessoa para o trabalho, no âmbito do processo da Segurança Social, e de acordo com o tramite legal exigido pela mesma.

Por exemplo:

  • Certificação de incapacidade para o trabalho;

  • Pedidos de reforma antecipada por incapacidade




Avaliação da Prontidão Escolar


É uma avaliação psicopedagógica que examina a maturidade da criança para o início da escolaridade, nas suas competências intelectuais e emocionais - os pré-requisitos indispensáveis para uma aprendizagem escolar de qualidade.

O processo de antecipação ou de adiamento da matrícula no 1º ano do 1º ciclo do ensino básico requer a apresentação de um parecer técnico que fundamente tal pedido, até ao dia 15 de maio do ano escolar imediatamente anterior ao pretendido.

Nesse parecer técnico deve constar sempre uma avaliação psicopedagógica realizada por um psicólogo credenciado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Esta avaliação permite analisar a possibilidade de:

  • Antecipação da matrícula no 1º ciclo do ensino básico (nas crianças de 5 anos)

Pede-se a antecipação escolar quando a criança apresenta já uma maturidade escolar mas só completa os 6 anos de idade após 31 de dezembro.

Neste caso, poderá justificar-se o ingresso na escola.

  • Adiamento da matrícula por um ano (nas crianças de 6 anos).

Pede-se o adiamento escolar quando a criança apresenta ainda uma imaturidade escolar, embora complete os 6 anos de idade até 15 de setembro.

Neste caso, justifica-se a sua permanência no Jardim de Infância por mais um ano.




Ludoterapia (crianças)


A Ludoterapia é uma poderosa técnica de intervenção psicológica adaptada a crianças dos 2 aos 10 anos. Motivos frequentes:

  • Instabilidade emocional (agressividade, choro fácil, isolamento)
  • Problemas comportamentais
  • Problemas de socialização
  • Dificuldade de aceitação de regras e limites
  • Baixo rendimento escolar
  • Stresse
  • Ansiedade
  • Fobias
  • Enurese e Encoprese
  • Dificuldades de aprendizagem
  • Outros




Psicoterapia (adolescentes, adultos e idosos)


A psicoterapia é uma intervenção psicológica direcionada para adolescentes, adultos e idosos. Motivos frequentes:

  • Instabilidade emocional
  • Problemas familiares/relacionais
  • Problemas no trabalho
  • Stress
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Luto




Habilitação Neuropsicológica


A habilitação neuropsicológica é uma intervenção psicológica utilizada nos casos em que as funções cognitivas ainda não foram adquiridas. É geralmente utilizada em crianças e jovens. Motivos frequentes:

  • Dificuldade de concentração e atenção
  • Baixa capacidade de memorização
  • Motricidade
  • Dislexia
  • Hiperatividade
  • Dificuldades de aprendizagem
  • Outros





Tabela de Valores

Por favor, contacte os nossos serviços.

Ainda não encontrou o seu IKIGAI? Subscreva a newsletter e receba nossas pistas!