O sentido de amar - Parte 2

Coaching de casal ou Counselling de casal ?

Parte 1 I Parte 2 I Parte 3 I Parte 4 I Parte 5

Uma relação saudável requer sempre um grande investimento emocional e de tempo. Certo?

Mas não é só! Alcançar uma boa saúde relacional pressupõe também fazer análises de rotina... sobre si mesmo, a sua vida e a sua relação.

Se passar a ter uma cultura de hábitos de prevenção de conflitos, em vez de agir apenas em SOS, ganhará mais tempo de qualidade, fará opções mais acertadas e será, certamente, mais feliz nas suas escolhas.

Mas por onde começar?

Já ouviu falar em coaching de casal e counselling de casal ?

Preparámos um pequeno resumo das suas diferenças:

O coaching de casal assenta no autoconhecimento, reforço e desenvolvimento da relação, não tendo de haver qualquer problema relacional ou emocional. Esta abordagem é ideal, por exemplo, para casais em início da relação ou que pretendam dar um passo mais sério, como viverem juntos. Este programa poderá também fazer parte da sua preparação para o casamento ou, simplesmente, ser uma forma de obter um plano personalizado de sugestões de atividades de lazer para fazerem a dois, baseado no vosso perfil de casal.

Já o counselling de casal é uma psicoterapia de casal pioneira em Portugal, com foco na solução dos problemas imediatos sentidos na relação. O objetivo é ajudar cada um dos elementos do casal a detetar a origem das suas diferenças, a transformar os seus problemas em oportunidades, a encontrar soluções adequadas e a tomar decisões assertivas. Embora se aproxime da terapia de casal são, ainda assim, diferentes na sua forma de abordagem. Por exemplo, o counselling de casal baseia-se nos problemas atuais da relação (embora possa recorrer ao passado para entender o presente), requer apenas um terapeuta e pretende ser uma terapia mais curta do que a terapia de casal.

Onde poderá encontrar este tipo de apoio de desenvolvimento relacional?

Na verdade, muito perto de si!

O SEU IKIGAI criou o IKouple – um programa de desenvolvimento relacional e afetivo.

O IKouple não é terapia de casal mas antes uma combinação entre coaching de casal e counselling de casal, aliados às práticas de psicoterapia.

Baseado no último grande estudo científico sobre as motivação humanas, este programa apresenta-lhe e explica os 16 motivos de vida, comuns a todos os seres humanos, e analisa quais os que se destacam em si e na sua relação amorosa, fazendo dela única e autentica.

Nesse sentido, é utilizada uma poderosa ferramenta de avaliação individual - reiss motivation profile. A partir desse momento, é construído o perfil motivacional de cada elemento do casal, bem como o próprio perfil do casal e um plano personalizado de acompanhamento. A exploração destes mesmos perfis é apoiada por técnicas de três áreas de intervenção: psicologia, coaching de casal e counselling de casal, utilizadas de acordo com as necessidades sentidas pelo casal e pelo terapeuta.

Cada caso é um caso e todas as sessões são distintas umas das outras, complementando-se para alcançar os objetivos traçados pelo casal.

Poderá perguntar-se se é possível fazer o IKouple mesmo que o seu parceiro se recuse a participar ativamente no programa. Será que funciona apenas com um dos elementos do casal?

Nós respondemos-lhe que, se reconhece no IKouple uma potencial ajuda na mudança de rumo da sua relação, então pode começar já hoje, por si mesmo. O seu companheiro poderá decidir mais tarde juntar-se ao programa, ou até não! Mas uma coisa é certa, “comportamento gera comportamento” e as suas mudanças irão inevitavelmente influenciar a dinâmica relacional e o ambiente à sua volta.

Assim, caso queira fazê-lo sozinho saiba que o IKouple pode ajudar a:

  • Reconhecer e avaliar as suas reais necessidades individuais;

  • Analisar e gerenciar os efeitos das suas ações sobre as pessoas ao seu redor;

  • Identificar as suas tendências comportamentais;

  • Explorar o seu papel no problema da relação - sem julgamentos;

  • Avaliar os seus traços fortes e os pontos a melhorar em si;

  • Explorar as suas opções em termos do seu futuro;

  • Melhorar as suas habilidades de comunicação, se necessário;

  • Diminuir o seu stress emocional;

  • Gerir de forma construtiva o processo de separação, se for o caso;

  • Melhorar a sua qualidade de vida e saúde emocional;

  • Reencontrar-se com a pessoa que é.

Portanto, fazê-lo individualmente ou em casal, será sempre uma escolha sua, podendo essa opção ser revista em qualquer fase do programa.

O programa com o casal proporciona um conjunto de informação mais completa do que o programa individual mas, ainda assim, ambos os planos produzem mudanças na relação, facultando uma grande riqueza de conhecimentos-chave, importantes na construção da identidade do casal e no alcance de uma vida conjunta humanamente mais forte e saudável.

Para rever O sentido de amar - Parte 1, poderá fazê-lo no nosso blogue ou facebook.

Marque já a sua avaliação e aprenda a construir-e na relação.

Boas escolhas!

Imagem I Pixabay

#Ikouple #IKouple

Ainda não encontrou o seu IKIGAI? Subscreva a newsletter e receba nossas pistas!