"Os opostos atraem-se" - Verdadeiro ou Falso?


Que ditado estará mais perto de definir a saúde das relações amorosas: aquele que refere que “Os opostos atraem-se” ou o que defende que os “Pássaros da mesma pena voam juntos” ?

Nas relações amorosas, seguramente que a atração dos opostos é uma questão falsa. Muitos estudos nesta área têm sido feitos e os resultados mostram sempre que a semelhança é a base para a compatibilidade.

Surpreendido? Nós explicamos.

Cada Ser Humano tem uma tendência natural para se relacionar com pessoas cujos valores são semelhantes aos seus. Ao contrário, tendem a distanciar-se de pessoas cujos valores e atividades nada têm a ver consigo.

Portanto, você será compatível com “Pássaros da mesma pena”, ou seja, com um companheiro semelhante a si em valores, desejos básicos e traços de personalidade.

Desengane-se quem diz que quer alguém oposto a si, em tudo. Talvez não tenha consciência disso mas quando o deseja, na verdade está apenas a referir-se às competências da pessoa, tão úteis em trabalhos de parceria. No entanto, uma relação amorosa representa muito mais do que um trabalho em equipa. Num relacionamento íntimo é esperado que haja companheirismo e harmonia entre os traços de personalidade, valores, motivos de vida e desejos básicos de cada um. Caso isso não aconteça, o casal passará a maior parte do tempo em conflito, a discordar de fatores fundamentais, e isso só levará à tensão, ao desconforto e ao distanciamento entre os dois.

Assim, a origem dos problemas no relacionamento não está nos indivíduos mas sim no emparelhamento das necessidades básicas de cada um, mais propriamente quando elas são significativamente diferentes. Estas diferenças individuais são a chave para a compreensão de relacionamentos problemáticos.

Nesse sentido, partilhamos consigo as 16 necessidades básicas que poderão estar na base da personalidade de cada um – da sua, da do seu companheiro e da personalidade de ambos como casal. Ao satisfazer cada uma dessas necessidades,

individuais e conjuntas, sentirá uma maior gratificação pessoal e relacional, saúde mental, felicidade genuína (diferente da alegria), entre outros benefícios.

Eis os 16 motivos de vida que estão cientificamente validados:

Poder – necessidade de influenciar os outros

Independência – necessidade de autossuficiência

Curiosidade – necessidade de compreender; de saber e pensar sobre as coisas

Aceitação – necessidade de aprovação social

Ordem – necessidade de organização e limpeza

Poupança – necessidade de acumular e preservar coisas

Honra – necessidade de ter uma conduta ética

Idealismo – necessidade de justiça social

Contacto social – necessidade da companhia dos pares (amigos)

Família – necessidade de relação próxima com dependentes

Estatuto – necessidade de respeito com base na posição social

Vingança – necessidade de competir e de vencer

Beleza – necessidade de harmonia estética e atraente, e sensualidade

Comida – necessidade de consumir alimentos

Atividade física – necessidade de movimento e ação muscular

Tranquilidade – necessidade de segurança (emocional e física)

Reconhece quais são todas as suas necessidades básicas e até onde elas o podem levar? E quanto às necessidades comuns do casal, sabe identifica-las inteiramente?

O acesso a este tipo de informação dá-lhe a possibilidade de fazer escolhas conscientes para a construção de uma vivência relacional feliz, saudável, construtiva e duradoura.

Por isso, convidamo-lo a fazer connosco a avaliação IKOUPLE, a primeira parte do programa IKOUPLE. Exclusivo d’O SEU IKIGAI, é um plano de desenvolvimento relacional e afetivo. Feito individualmente ou em conjunto com os dois elementos do casal, este programa é orientado na procura de respostas a receios, dúvidas e expetativas, relacionadas com a vida amorosa. Permite conhecer os perfis motivacionais pessoais e do casal, alinhar necessidades individuais, traçar metas comuns, rever prioridades e muito mais, melhorando assim a qualidade e a saúde da relação. Marque já a sua avaliação IKouple e aprenda a construir-se na relação.

Imagem I O SEU IKIGAI

#Ikouple